Você não venderá mais para quem você vendia.

 

As mudanças das gerações criam novas dinâmicas e preferências dos consumidores. Prepare-se para mudar.

Há várias teorias sobre gerações de consumidores. Em comum, todas concordam que os hábitos e comportamentos de consumo mudam drasticamente de tempos em tempos, fato que marca a entrada ou saída de uma geração de consumidores. Se o cenário muda, a estratégia precisa se adaptar, tanto na situação atual como se preparar para o futuro. Por exemplo, os clientes que dominavam o varejo 15 anos atrás, serão pouco expressivos daqui 5 anos.

Na prática, essa mudança traz alterações na escolha dos produtos, linguagem da comunicação, modelo de atendimento, valor da marca, modo de comprar e inúmeras outras mudanças. Ao longo dos anos você pode adaptar a estratégia, mas às vezes é necessário olhar se a rota está correta. Novas gerações trazem outros comportamentos e tem novas demandas que exigem outras habilidades.

Geração Silenciosa (1925 e 1942) e Baby Boomers (1943 e 1960) – são os consumidores que hoje possuem mais de 55 anos de idade. Tiveram uma criação mais rígida e formal que a atual, foi a primeira geração a ter TV, tinham acesso limitado à informação, maior ligação à hierarquia e às tradições. São consumidores que valorizam muito o atendimento, qualidade do serviço, principalmente a cordialidade e o reconhecimento pessoal do cliente.

 

 

Geração X (1960 a 1980) – consumidores que hoje estão entre os 35 e 55 anos de idade. É uma geração individualista, acostumada com as relações monoparentais (pais divorciados), têm menor influência das tradições, vivenciaram o surgimento da era digital e se acostumaram com ela. São céticos, valorizam mais as vantagens pessoais e o preço no momento da compra.

 

 

Geração Y (1980 a 1995) – consumidores hoje entre 20 e 35 anos de idade. Uma geração de grandes expectativas individuais de realização, surgiram numa época de grandes avanços tecnológicos, alta prosperidade econômica e facilidade de acesso material. Valorizam mais os serviços que o atendimento pessoal no processo de compra, querem comodidade, são consumidores bem informados e conectados.

 

 

Geração Z (1995 a 2015) – consumidores com 20 anos ou menos, reconhecidos como nativos da era digital. Estão bem familiarizados com a internet, entendem facilmente os aspectos globais e percebem menos as distâncias geográficas, sabem das limitações de recursos naturais, reconhecem os aspectos multiculturais e estão se tornando a geração mais informada de todas. São consumidores que sabem o que querem e como obter.

 

 

Nova (a partir de 2015) – uma nova geração ainda será definida por especialistas, não se sabe qual nome ou classificação será utilizada, mas acredita-se que estamos vivendo o final da Geração Z.

Se você considera aspectos de longevidade para sua marca ou organização, será preciso adaptar os modelos atuais às novas demandas do mercado. Fórmulas tradicionais de venda, produto, serviço e atendimento são reconhecidas e valorizadas diferentemente pelas gerações. Note que antigas regras podem não só deixar de funcionar, mas distanciar os novos consumidores dos negócios atuais. Ou seja, prepare-se para criar algo novo antes que a sua proposta de valor se torne obsoleta na percepção dos consumidores.

 

 

 

 

Voltar para Comportamento

Os editoriais representados nesse site não expressam necessariamente a opinião das organizações mencionadas. Os textos são escritos por analistas de mercado de/para Dexi Marketing Ltda. com informações e imagens disponíveis na mídia. Não têm qualquer vínculo comercial ou publicitário com o seu editor. Assim, a Dexi espera colaborar com informações técnicas para o desenvolvimento do conhecimento do varejo e estudos do comportamento de consumo.

© 2016 por Dexi Marketing Ltda. Todos os direiros reservados.