Franquia: 5 segredos de sucesso

 

O que a redes de franquia de sucesso sabem, e você já deveria saber.

Fazer parte de uma rede de franquias faz bem para os negócios, elas têm maior chance de sucesso que os empreendimentos individuais. E esse não é um fato exclusivo do Brasil, o mesmo acontece em diversos países, talvez por isso as franquias sejam investimentos tão valorizados.
Entre as diversas marcas que se dispõem a conceder franquias, algumas se tornam rapidamente grandes redes franqueadoras, enquanto outras, se esforçam para conquistar franqueados e crescem lentamente. Por quê? Há várias razões e, sabemos, o sucesso não acontece por acaso, ele é resultado da estratégia dos franqueadores. A principal diferença entre elas é o que está sendo comercializado. Enquanto as marcas de sucesso utilizam o sistema de franquias para expandir a comercialização dos seus produtos, as mais lentas fazem da comercialização da franquia um negócio em si.


Vamos combinar, desenvolver um produto que tenha boa aceitação no mercado não é uma tarefa fácil. O nível de informação e a exigência dos consumidores associados à competitividade do mercado, fazem o desenvolvimento de um produto de sucesso um verdadeiro processo de inovação. Ainda mais complexo, é desenvolver um serviço, que envolve o talento humano na execução e por isso conta com um número maior de variáveis incontroláveis. A medida que esse desafio é ultrapassado, um novo produto ou serviço de sucesso existe, o mercado se torna comprador para ele. Há vários modos de expandir a sua oferta, e um deles é a franquia. Note que a franquia é um meio, não um fim, e essa é uma grande diferença no caminho do sucesso.
Inúmeros investidores, com capital disponível, esperam uma boa oportunidade para aplicarem seu dinheiro numa franquia e, quanto maior o êxito do produto, maior será a procura pela marca. A feira anual da Associação Brasileira de Franchising, em São Paulo, é um exemplo do grande interesse por esse tipo de investimento mesmo nos períodos de crise, tanto que se tornou a maior evento mundial para venda de franquias.

Normalmente a demanda gera a oferta. Entretanto, algumas marcas oferecem franquias antes que a demanda pelo seu produto aconteça, ou seja, antes que o mercado se torne comprador montam várias unidades franqueadas acreditando que ofertar mais irá gerar a demanda. Na maioria das vezes não gera. Esse é o caso das “franquias da moda” como foram as lojas de Frozen Yogurt e Cup Cakes, que, por exemplo, ampliaram a oferta mais do que a demanda permitia levando inúmeras franquias ao fracasso. Para evitar que isso aconteça, as franqueadoras de maior sucesso no mercado adotam algumas atitudes que garantem uma expansão rápida e sustentável, ou seja, concedem franquias que irão permanecer no mercado por muito tempo.

1. História de sucesso é imprescindível – é preciso ter um histórico de sucesso para conceder uma franquia, e não apenas permanecer ativo no mercado durante algum tempo. O êxito significa estar acima da média, ter demanda de compra constante, conseguir atender os pedidos dos clientes e manter a alta performance. As franquias de sucesso repetem uma fórmula histórica nas franquias.

2. Foco no cliente – a franquia é uma estratégia de distribuição, e não um produto. O sucesso da franquia é gerado pela comercialização de produtos e serviços para os clientes finais. A satisfação dos clientes e o atendimento da demanda são objetivos dos negócios e importantes indicadores de performance, assim como o número de lojas da marca e a satisfação dos franqueados são resultados e consequências da gestão. As franquias de sucesso sabem que o foco determina o resultado.

3. Não empenhe o futuro – conceder franquias para ampliar a oferta acreditando que a demanda irá aumentar, pode ser um “saque contra o futuro”. Ainda mais perigoso porque a ação envolve o capital de terceiros, os franqueados. Se a procura pelo produto não for ampliada e a previsão não acontecer no longo prazo, as franquias que foram montadas nessa expectativa não irão se sustentar. Franqueadores eficientes consideram a demanda histórica e estão preparados para montar franquias rapidamente, quando a demanda já se confirmou.

4. Excelência no processo – a franquia trata essencialmente da concessão do direito de reprodução e, para que isso aconteça como planejado, é preciso transferir conhecimento para o franqueado. Alguns processos são fundamentais como o treinamento, padrões de qualidade, métodos de operação, assessoria mercadológica e outros precisam levar conhecimento da franqueadora para o franqueado.

5. Franqueado como sócio – mais do que um gestor do ponto de venda, o franqueado é sócio da operação e está comprometido com o seu resultado. Apesar de parecer sutil a diferença entre um gestor e um sócio-gestor, ela é expressiva nos resultados porque o franqueado administra o negócio literalmente com os cuidados de um dono, assim como o ditado diz “é o olho do dono que engorda o gado”. As franquias de sucesso não só reconhecem esse papel e valorizam o franqueado na operação, como tiram vantagem estratégica para obter informações do campo e dão autonomia para o franqueado tornar o modelo de negócios mais competitivo na sua região.

 

 

 

 

 

 

Voltar pra Estratégia

Os editoriais representados nesse site não expressam necessariamente a opinião das organizações mencionadas. Os textos são escritos por analistas de mercado de/para Dexi Marketing Ltda. com informações e imagens disponíveis na mídia. Não têm qualquer vínculo comercial ou publicitário com o seu editor. Assim, a Dexi espera colaborar com informações técnicas para o desenvolvimento do conhecimento do varejo e estudos do comportamento de consumo.

© 2016 por Dexi Marketing Ltda. Todos os direiros reservados.