Proteja seu resultado

 

Num cenário ainda incerto em 2015, preservar a relação com os clientes parece ser primordial em qualquer estratégia.

As projeções econômicas mais otimistas desse ano seriam terríveis no nosso passado recente. Os gestores mais experientes que vivenciaram as crises dos anos 80 e 90 sabem que não dá para ficar parado num cenário de incerteza econômica, pois se você pensar na crise irá congelar todos os planos. O melhor a se fazer é agir, trabalhar muito, ser cauteloso no ambiente e focar no seu resultado. Crise gera oportunidade. Essa frase sempre figura na sessão de autoajuda dos livros. E então, qual a sua ambição para 2015? Que tal estar na mente dos consumidores como a melhor opção quando eles têm que escolher? Ou você prefere expandir, abrir lojas e estar preparado num mercado que logo estará mais forte? Ou seria melhor investir em produtividade, ter excelentes lojas e conquistar clientes ao invés de uma grande rede em número de lojas? Ou você deseja simplesmente manter a relação com os clientes atuais, sua posição no mercado e o nível de resultado de 2014? Bem, seja qual for a sua ambição para 2015, sua lista de tarefas deverá incluir quatro itens que são fundamentais para conquistar os resultados nesse ano.

 

 

Foque no valor, não no preço.

Primeiro de tudo, consumidores se apaixonam por histórias, experiências, sensações, valores e tudo mais que compõe uma personalidade autêntica. Produtos, são copiados. Preço, a concorrência pode oferecer um mais baixo. Há cada vez maiores facilidades e serviços agregados aos produtos e tudo mais o que o pode ser reproduzido em série, tudo, exceto uma personalidade. Personalidades não podem ser copiadas, apenas imitadas. As pessoas adoram histórias interessantes de marcas, elas querem saber da origem dos produtos, têm interesse no drama, dificuldade, na luta e na vitória. Não pense em algo corporativo, pense em algo orgânico, afinal as histórias são humanas e não financeiras. Você tem alguns segundos para encantar o consumidor e, em 2015, você precisará fortalecer a sua história para se diferenciar da concorrência oferecendo um valor mais alto, e não um preço mais baixo.

 

 

Cumpra a promessa.

Ter uma operação de varejo implica em duas competências básicas: ter uma logística eficiente (comprar, estocar, revender) e manter o padrão (atendimento, produto, operação, marca, etc.). Ambas contribuem para o sucesso, mas a maior dificuldade costuma estar na segunda parte porque ela depende de um número maior de variáveis que precisam ser geridas, principalmente por envolver o complexo fator humano. Procure manter controle dos processos, padronize os fatores chaves de sucesso e forneça diretrizes ou políticas para o que não for padronizado. Lembre-se que todas as marcas, ou as lojas, ao fazer uma oferta de produto ou serviço, a marca está também está também fazendo uma promessa que deverá cumpri-la todas as vezes que o cliente a visitar. Não se trata de mágica, mas sim trabalho duro.

 

 

Preserve a freguesia.

A freguesia, termo antigo que significa um grupo de compradores e já em desuso no varejo profissional, traz um importante ingrediente para existência de qualquer loja: a comunidade. Volte à base do varejo tradicional e lembre-se que uma loja, qualquer loja, pode ser física ou virtual, está inserida numa comunidade e depende dela para fazer negócios e continuar existindo. As pessoas de uma comunidade têm hábitos próprios, valorizam certos comportamentos, alguns se conhecem pelo nome e irão preservar o que é delas, inclusive ama loja. Ter uma boa relação com a freguesia é uma das características presente nos melhores comerciantes. Eles conhecem as pessoas, olham para elas e não veem apenas números de vendas, sabem o que elas querem e, se não sabem perguntam e ouvem ativamente os comentários sobre o atendimento, qualidade dos produtos e tudo mais o que poderia ser melhor. 

 

Em 2015 cuide dos seus fregueses, eles vão cuidar de você.

 

 

 

 

Voltar para Estratégia

Os editoriais representados nesse site não expressam necessariamente a opinião das organizações mencionadas. Os textos são escritos por analistas de mercado de/para Dexi Marketing Ltda. com informações e imagens disponíveis na mídia. Não têm qualquer vínculo comercial ou publicitário com o seu editor. Assim, a Dexi espera colaborar com informações técnicas para o desenvolvimento do conhecimento do varejo e estudos do comportamento de consumo.

© 2016 por Dexi Marketing Ltda. Todos os direiros reservados.