A experiência de compra é mais importante que o preço.

 

Recente pesquisa na Grã-Bretanha indica que os consumidores estão dispostos a pagar um pouco mais para ter uma experiência melhor.

Na direção contrária das estratégias de preço baixo para atrair clientes, é crescente o número de consumidores que valorizam a experiência de compra ao invés da oferta. Ao menos, é o que aponta uma pesquisa realizada pela TI Cognizant na Grã-Bretanha, em julho passado, para identificar o que os consumidores mais valorizam no processo de compra. Segundo os pesquisados, é percebido como um mau negócio pagar menos pelo produto e não receber bom atendimento, assistência na compra ou ter dificuldade de troca. Os consumidores preferem pagar um pouco mais para ter uma experiência melhor, atendimento adequado e conveniência.

 

Entre os pesquisados, 25% afirmaram que a política de devolução e troca é mais importante que pagar menos pelo produto. 32%, consideram que ganhar pontos nos programa de fidelização é mais vantajoso que pagar até dez por cento menos pelo produto. 49%, afirmaram que acessam, com frequência, no celular as informações de nível de preço dos produtos enquanto estão dentro da loja antes de tomar a decisão de compra, o chamado “showrooming”. 58% dos entrevistados afirmaram que leem comentários nas mídias sociais antes de efetuar um compra ou ir a um restaurante, e consideram que os bons comentários são mais importantes que uma oferta de desconto. 72% dos consumidores, consideram que o preço segue um nível de mercado, mas que a experiência, empolgação, serviço e conveniência são os fatores que mais influenciam as suas decisões de compra.

 

A pesquisa também indica a importância e influência das mídias sociais no processo de compra moderno. Os consumidores já consideram as mídias sociais como uma fonte relevante de informações sobre os produtos e os locais de compra, valorizando principalmente a percepção de outros consumidores. Como a experiência de compra não é só feita na loja, ela depende das opiniões pré e pós-compra, a opinião do mercado passa a ter grande influência.

Apesar de ser recente o uso da tecnologia no processo de compra, já podemos afirmar que boa parte dos clientes já sabe o nível de preço dos produtos e o quanto estão dispostos a pagar. As pesquisas e necessidades de informação dos consumidores agora estão voltadas para a performance do produto, benefícios associados, serviços que irão receber e outras informações que colocam o preço como uma consequência do processo de compra.

 

As operações de varejo na Grã-Bretanha continuam melhorando o nível de serviço e inserindo novas tecnologias para melhorar o relacionamento com os clientes. Os varejistas mais experientes sabem que as relações com o mercado baseadas em ofertas são efêmeras. Sem contar que é cada vez menor o número de clientes que privilegiam o preço como principal fator de decisão. A estratégia é criar marcas mais fortes que se tornem preferidas pelo mercado, comercializando produtos com um preço justo.

Os editoriais representados nesse site não expressam necessariamente a opinião das organizações mencionadas. Os textos são escritos por analistas de mercado de/para Dexi Marketing Ltda. com informações e imagens disponíveis na mídia. Não têm qualquer vínculo comercial ou publicitário com o seu editor. Assim, a Dexi espera colaborar com informações técnicas para o desenvolvimento do conhecimento do varejo e estudos do comportamento de consumo.

© 2016 por Dexi Marketing Ltda. Todos os direiros reservados.