8 atitudes essenciais para quem trabalha na loja.

 

Características fundamentais para trabalhar na equipe de vendas da loja, conquistar mais resultados, e ser feliz.

É comum dizer que a equipe da loja faz toda a diferença no resultado. Sem dúvida, ela tem influência direta no sucesso, ou no fracasso, de uma operação. Como o varejo está associado ao relacionamento pessoal, as atitudes da equipe fazem diferença na percepção dos clientes e isso acontece dezenas, centenas ou até milhares de vezes ao dia. A postura adequada da equipe aliada a algumas atitudes corretas, são essenciais para a construção da percepção positiva de uma loja, para não dizer até esperadas pelos clientes.

 

1. Confiança – fazer o contato visual, iniciar uma conversa e demonstrar um produto com conhecimento de causa é essencial no atendimento. Não é agradável para o cliente ter que correr atrás de alguém para atende-lo ou, ainda, perceber alguma insegurança quanto às informações fornecidas sobre o produto. A confiança no atendimento está relacionada principalmente com o conhecimento e a postura pessoal.

 

2. Flexibilidade – Quando o cliente entra na loja, tudo pode acontecer, e nem sempre, durante o processo de compra, as coisas acontecem como previsto no treinamento.  Por isso, é fundamental que a equipe de vendas, tenha autonomia para criar soluções que atendam às necessidades dos clientes. Esta autonomia, deve ser pautada nos valores da empresa e nas regras de negócio, assim as soluções não irão fugir dos padrões de conduta da marca.

 

3. Paciência – quesito obrigatório para a equipe da loja. Nem sempre os clientes estão num bom dia, as vezes não sabem o que querem ou tampouco tem pressa para decidir, mesmo que a loja esteja cheia. Por isso, ter empatia, entender o desejo do cliente e calma para lidar com o público é uma característica essencial para quem quer trabalhar no varejo. Paciência é uma característica difícil de ser desenvolvida, normalmente as pessoas têm, ou não.

 

4. Reverência – respeito e consideração são atitudes esperadas pelos clientes, mesmo que eles não estejam certos. Nas situações mais difíceis, as pessoas esperam ser tratadas de acordo com a convenção social durante todo o atendimento. No processo de atendimento várias coisas podem ser ditas, principalmente nas reclamações dos clientes, e manter o embasamento racional dos argumentos e a cordialidade é uma questão de sobrevivência. A loja também é responsável por conscientizar o consumidor que dos seus direitos e deveres. Cordialidade, fatos e satisfação são três palavras importantíssimas nesta questão.

 

5. Pró-atividade – perceber em que etapa o cliente está da compra e oferecer ajuda na hora certa é decisivo para a venda da loja. A avaliação do comportamento de compra e a observação de alguns sinais indicam o momento exato para a equipe oferecer apoio no processo de venda, aguardar o cliente decidir ou até recuar.

 

6. Positividade – a ideia de crise e dificuldade não atrai negócios, tampouco o desejo do cliente comprar tem relação com ela. Sorrir, ter uma conversa agradável, inspirar os clientes com possibilidades e boas sensações podem fazer a diferença na venda e na percepção da loja pela comunidade.

 

7. Empatia – se nós gostamos de conversar com pessoas que nos ouvem e entendem a nossa situação, o processo de compra não poderia ser diferente. Uma característica essencial é se colocar no lugar do cliente para entender e atender sua necessidade. Essa é uma atitude extremamente valiosa e útil em qualquer equipe de loja.

 

8. Equipe – uma equipe não trabalha sozinha, nem os vendedores da loja, mesmo que as comissões sobre vendas sejam individuais. Ter a percepção que os resultados são construídos em conjunto e dependem de todos os membros da equipe, faz a diferença. Na maioria das vezes, a equipe de vendas conta com o suporte administrativo fora da loja, e a consciência do apoio de todos é fundamental para construção dos resultados. Trabalhar em equipe é um comportamento necessário numa loja.

 

O conhecimento sobre os produtos, suas características e funcionalidades podem ser transmitidos em treinamento, assim como a habilidade de usar o conhecimento aprendido pode ser desenvolvida com apoio da liderança. Entretanto, a pró-atividade de não esperar que algo aconteça e perceber o que deve ser feito, são características que devem ser observadas na hora da contratação e tidas como atitudes essenciais na área de vendas da loja.

 

Como nem tudo pode ser resolvido através de treinamento, o recrutamento e a seleção da equipe da loja, principalmente das lideranças, têm grande impacto no resultado do negócio. Muitas vezes não falta treinamento, mas atitudes adequadas da equipe para conquistar os clientes.

 

 

 

 

 

Voltar para Pessoas

Os editoriais representados nesse site não expressam necessariamente a opinião das organizações mencionadas. Os textos são escritos por analistas de mercado de/para Dexi Marketing Ltda. com informações e imagens disponíveis na mídia. Não têm qualquer vínculo comercial ou publicitário com o seu editor. Assim, a Dexi espera colaborar com informações técnicas para o desenvolvimento do conhecimento do varejo e estudos do comportamento de consumo.

© 2016 por Dexi Marketing Ltda. Todos os direiros reservados.