7 tendências que irão influenciar o varejo brasileiro em 2017.

 

Mudanças no varejo e comportamento dos consumidores que você precisa saber, e não estamos falando da economia.

Insights para 2017 obtidos no estudo de mercado TrendMe feito pela Dexi Marketing para identificar as principais tendências de consumo e varejo.

 

1. Shopping social – aplicativos conhecidos, e novos, ampliarão suas funcionalidades para gerar venda de produtos e oferecer serviços aos varejistas. Redes sociais serão mais utilizadas para comercialização utilizando seu poder de conexão, como Pinterest, Instagram e Tumblr. Algumas plataformas irão ampliar seus serviços como, por exemplo, o Uber Eats que comercializa e entrega alimentos em associação com fast foods.

 

2. Experiência contínua – clientes vão tolerar cada vez menos as experiências de compra fragmentadas através de diferentes canais de relacionamento. A integração dos contatos online e off-line, tanto no processo de compra quanto nas mídias sociais, é cada vez mais esperada e valorizadas pelos consumidores. Várias organizações demandarão esforços maiores para integrar o relacionamento dos clientes em diversos canais, principalmente no investimento de marketing e nas diversas bases de dados.

 

3. Aumento da mortalidade – nos últimos dois anos surgiram novos negócios e várias marcas no varejo que não têm apresentado desempenho satisfatório. Várias marcas que, apesar da excelente estrutura conceitual e algumas delas com investimento expressivo, não agradaram os consumidores e têm vendas insuficientes para sustentar a operação.

 

4. Small Data – poucos dados dos clientes serão capazes de fornecer excelentes dicas de negócios. Na era do Big Data com o processamento de grande quantidade de dados e rastros digitais dos clientes, o Small Data tem a capacidade de preencher pequenas e valiosas lacunas de informação do perfil dos clientes. O Small Data pode fornecer dicas sem precedentes para os negócios no varejo.

 

5. Co-branding no/para/do varejo – algumas marcas do varejo se tornam notórias e transcendem sua atuação para outros negócios, outras procuram meios para aproximar o relacionamento com o consumidor. Mais do que ações promocionais, as ações de co-branding terão foco na experiência positiva e retenção de clientes no longo prazo.

 

6. 24/7 de produtos e serviços – 24/7 é uma abreviação que significa 24 horas por dia, 7 dias por semana. É um termo que será cada vez mais comum no varejo. Consumidores estão demandando maior conveniência e flexibilidade para acessar produtos e serviços nas principais capitais do país, os horários tradicionais e restritos do comércio não atendem às diversas necessidades das pessoas. Um dos fatores crescentes de competitividade entre os varejistas para conquistar a preferências dos clientes, é ampliar a disponibilidade do serviço para hora e lugar que o cliente decidir, tanto online como na loja física.

 

7. Mais customizado – na era digital com a atomização da atenção das pessoas, os consumidores valorizam cada vez mais o tratamento individual, perceber que ele é diferente de outros milhares. Um grande desafio do varejo estará relacionado com a capacidade de customizar produtos e serviços para os clientes. E, claro, quem conseguir fazê-lo terá uma vantagem competitiva significativa na preferência dos clientes. O tratamento individual será uma importante estratégia de diferenciação.

 

Para maiores informações, acesse www.trendme.com.br.

Os editoriais representados nesse site não expressam necessariamente a opinião das organizações mencionadas. Os textos são escritos por analistas de mercado de/para Dexi Marketing Ltda. com informações e imagens disponíveis na mídia. Não têm qualquer vínculo comercial ou publicitário com o seu editor. Assim, a Dexi espera colaborar com informações técnicas para o desenvolvimento do conhecimento do varejo e estudos do comportamento de consumo.

© 2016 por Dexi Marketing Ltda. Todos os direiros reservados.